sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Estrangeiro

Meu pai está em coma
-e não sinto nada

Ela enfia meu pau goela abaixo
Com a cara cheia de porra me sorri
Deita ao meu lado diz tudo vai dar certo
-e não sinto nada

Sou um estrangeiro exilado
Nesse bar às quatro da manhã
Quero um intérprete para gritar o que vejo

Meu pai está em coma
-e não sinto nada

Um comentário:

Rafael Zanatta disse...

"Ela enfia meu pau goela abaixo". Neste trecho é o pai falando? Mas o cara não tá em coma, porra?

Mersault na veia!